Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré visita São Paulo

Padre Baronto e Dom Devair Araújo da Fonseca recebendo Nossa Senhora de Nazaré.

São Paulo e Belém foram unidas na manhã da última quinta-feira (28), a capital paulista recebeu pela primeira vez a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, e tal acontecimento foi notado em todos os cantos da cidade, que parou – dessa vez – por um bom motivo.

A Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré chegou a capital paulista para a abertura da exposição e lançamento do livro “Guarda o Círio de Nazaré” da fotógrafa paulista Soraya Montanheiro. Com curadoria do fotógrafo Juan Esteves, a exposição é composta por 45 fotografias captadas em Belém do Pará, cidades do Baixo Amazonas, Rio de Janeiro, Maranhão e São Paulo, em que a artista retrata a liturgia, as peregrinações e toda estrutura que envolve o Círio, com enfoque para o trabalho da Guarda de Nossa Senhora de Nazaré.

José Carlos Marçal, Diretor Executivo do Museu de Arte Sacra de São Paulo, e o Diretor Coordenador do Círio 2018, Cláudio Acatauassú

Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves, Reitor da Basílica Santuário e Presidente da Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) juntamente com integrantes da DFN acompanham a Imagem Peregrina que, depois de uma solenidade no Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP, foi recebida pelo diretor executivo do Museu de Arte Sacra de São Paulo, José Carlos Marçal, a Imagem seguiu com sua comitiva de guardas para a Catedral da Sé, marco zero da cidade, local de repouso do Santo Padre José de Anchieta. A missa de boas vindas, presidida por D. Devair Araújo da Fonseca, contou com a presença de inúmeros religiosos e devotos, além da cantora paraense Fafá de Belém, que emocionada cantou o hino de Maria de Nazaré, e também do Coral da Polícia Militar de São Paulo e da Banda Marcial da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo.

Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves, Presidente da Diretoria da Círio e José Carlos Marçal, juntamente com Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré

A celebração oficializou a vinda da Imagem de Nazaré para receber seus fiéis em uma sala especial dedicada a ela no Museu de Arte Sacra de São Paulo, para onde seguiu logo após o final da Missa, junto a uma multidão que só aumentava, a medida em que Nossa Senhora de Nazaré saia da Catedral e ia em direção a uma das maiores, mais emblemáticas e conhecidas estações de transporte urbano metropolitano do país: a Sé.

A fotógrafa Soraya Montanheiro e Dom Devair Araújo da Fonseca

Uma procissão inteira, liderada por D. Evair atravessou o metrô, juntando fiéis e curiosos, que jamais viram esse tipo de movimentação devocional na estação, a multidão foi locada em vagões especiais, e seguiu pela linha 1 azul até a estação Tiradentes, que se liga a rua de entrada do Museu.

Lá chegando, Nossa Senhora de Nazaré e sua comitiva de fiéis, guardas, e devotos foram acolhidos pela banda marcial da Marinha do Brasil, e juntos seguiram até a sala expositiva especial, onde a Imagem estará em exposição gratuita aos paulistanos até o próximo domingo, quando retorna a Belém.

 

Texto: Aline Andrade (com informações da Assessoria de Comunicação do Museu de Arte Sacra de São Paulo)
Fotos: Sonia Balady

#cirio2018: Diretoria da Festa promove o Cerco de Jericó pela primeira

Como forma de evangelizar os fiéis e se preparar espiritualmente para o Círio 2018, a Diretoria da Fresta de Nazaré promove pela primeira vez o Cerco de Jericó que durará 7 dias. Hoje (25) é o segundo dia de oração e louvor ao Santíssimo Sacramento e às 20h haverá uma missa presidida pelo Superior da Província Norte dos Clérigos Regulares de São Paulo, Padre José Adelson Ramos das Mercês.

O Cerco de Jericó é uma campanha de sete dias de oração diante de Jesus presente no Santíssimo Sacramento. Sua inspiração mais remota encontra-se no capítulo 6 do livro de Josué. O texto sagrado nos conta que antes de chegar à terra prometida o povo de Israel se viu diante das grandes muralhas de Jericó, que os impediam de prosseguir a caminhada.


Venha participar desse momento de fé em prol da Festa da Rainha da Amazônia!

Fotos: Karol Coelho – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré

Diretoria da Festa de Nazaré participou de Festa Junina do Cantinho São Rafael

Na manhã deste último sábado (16) o Cantinho São Rafael, o projeto social mantido pelas Obras Sociais de Nazaré, realizou a Festa Junina para as crianças e os adolescentes assistidos pela instituição. Na programação, apresentações culturais como danças dos ritmos regionais, concurso de miss e mister e muitas brincadeiras típicas desse período. O momento teve a participação do Padre Barnabita e Superior da Província Norte dos Clérigos Regulares de São Paulo, José Adelson Ramos das Mercês que explicou a importância da comemoração desta festa em honra a São João, e dos integrantes da Diretoria da Festa de Nazaré que foram homenageados pelos colaboradores e professores do Cantinho São Rafael.

 

Fotos: Yêda Sousa – Ascom Basílica Santuário de Nazaré

Diretoria do Círio vai promover Cerco de Jericó

Em intenção pelo Círio de Nazaré 2018

Pouco tempo nos separa da grande festa em honra da Virgem Maria: O Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

E à medida que ela se aproxima, se intensificam os preparativos. A Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) que é composta por um grupo de pessoas que, voluntariamente, se dedicam ao longo de todo o ano, a essa organização. São pessoas de fé que o fazem por amor a Deus e à Virgem Maria, sem esperar qualquer tipo de recompensa; pessoas com espírito de sacrifício e de renúncia. Por se tratar de uma festa de evangelização são necessários momentos de intensa preparação espiritual, por isso a Diretoria de Evangelização promoverá o Cerco de Jericó de 24 (às 12h) a 30 de junho (às 12h), na Capela Bom Pastor, no Centro Social de Nazaré. Diversos grupos, movimentos e pastorais da Arquidiocese de Belém se revezarão em oração e louvor  durante a programação que contará com Santa Missa, todos os dias, às 20h.

O Cerco de Jericó é uma campanha de sete dias de oração diante de Jesus presente no Santíssimo Sacramento. Sua inspiração mais remota encontra-se no capítulo 6 do livro de Josué. O texto sagrado nos conta que antes de chegar à terra prometida o povo de Israel se viu diante das grandes muralhas de Jericó, que os impediam de prosseguir a caminhada.

Obedecendo a voz de Deus, Josué, sucessor de Moisés e líder do povo, convidou os Israelitas a orarem durante sete dias e seis noites rodeando as muralhas de Jericó, tendo a frente a Arca da Aliança, sinal da presença de Deus que caminha com seu povo. Josué e os Israelitas acreditaram na promessa divina de que no sétimo dia durante a sétima volta as muralhas cairiam e eles alcançariam a vitória.

Jorge Xerfan, Coordenador da Diretoria de Evangelização convida o povo para participar deste momento de fé em prol da Festa da Rainha da Amazônia. “Vamos rezar para que caiam as muralhas e o nosso Círio de Nazaré seja, cada vez mais, um tempo de conversão do povo de Deus, para que sejamos mais felizes e possamos usufruir da vida em abundância que Jesus nos prometeu. Vamos nos unir em oração, também, pela nossa Igreja, pelas nossas famílias e pelo nosso bem-estar físico e espiritual!” concluiu Xerfan.

Texto: Andreia Teixeira – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré

Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré retornou ao Glória

Após alguns dias mais próxima dos fiéis, a Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré, encontrada por Plácido José de Souza as margens do igarapé murutucu, retornou para ao Glória, durante a Santa Missa das 18h na Basílica Santuário de Nazaré. A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebrada pelos Padres Barnabitas que atuam no Santuário de Nazaré.

Durante a homilia, Dom Alberto comentou sobre o momento em que Maria visitou a prima Isabel: “Hoje, somos nós que temos a alegria e a honra de receber a visita da Virgem de Nazaré em nossos corações, que a cada dia possamos deixar a passagem a aberta para que o amor, a bondade e a humildade de Maria façam morada em nós”.

A missa também foi marcada pela Coroação de Nossa Senhora de Nazaré, um dos momentos mais marcantes e significativos da programação mariana. Este gesto da coroação é tradicional e simbólico, demonstra que a reconhecemos como “Rainha”, mesmo na simplicidade de sua figura.

A celebração também marcou o aniversário de quatro anos da Pastoral do Turismo da Paróquia, que atua na promoção do turismo religioso, e de um ano do Movimento Mães de Nazaré que Oram pelos Filhos.

De acordo com o Pároco de Nazaré, Padre Giovanni Incampo, a programação do mês de maio mais uma vez foi de evangelização na Basílica Santuário: “Com a graça de Deus o mês mariano foi bom, alegre e cheio de iniciativas que homenagearam e colocaram Maria no centro, as mais de 70 pastorais da Paróquia de Nazaré realizaram diversas ações que mostraram a presença da Virgem Santíssima no cotidiano de cada uma de nós, que Ela junto ao seu Filho Jesus, continue olhando e abençoando o povo paraense”.

 

Texto: Aline Andrade
Fotos: Aline Andrade, Andreia Teixeira e Fabrício Coleny – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré