Belém do Pará, segundo domingo de outubro

Círio 2017: Romaria Fluvial emocionou fieis neste sábado, 7

Momentos de emoção, agradecimento e devoção, foram esses os sentimentos expressados nas faces de quem participou da Romaria Fluvial, realizada há mais de 30 anos. Foi iniciada por volta das 9h no trapiche de Icoaraci com destino à escadinha do Cais do Porto, em Belém.

Nesta procissão, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré é levada em uma redoma de vidro na Corveta da Marinha, Garnier Sampaio, cuidadosamente decorada por Simone Cosme. Durante a romaria, embarcações de todos os tamanhos estavam enfeitadas em diferentes matizes de cores para acompanhar a pequena Imagem de Nossa Senhora de Nazaré.

 

Até sexta-feira (6), a Capitania dos Portos havia confirmado a inscrição de 347 embarcações na procissão. O percurso foi de aproximadamente 10 milhas náuticas (equivalente a 18,5 km). Na chegada, a Imagem Peregrina foi recebida com honras de Chefe de Estado pela Polícia Militar. A tradição ocorre desde 1999, em função da Lei Estadual nº 4.371, de 15 de dezembro de 1971, que proclamou a Virgem de Nazaré, Padroeira do Pará, Rainha da Amazônia e merecedora dessa grande homenagem. A primeira edição desta procissão foi realizada pela então Companhia Paraense de Turismo, em 1986.

 

A Festa de Nazaré é uma realização conjunta entre a Arquidiocese de Belém, a Basílica Santuário de Nazaré, a Diretoria da Festa de Nazaré, o Governo do Estado do Pará e a Prefeitura de Belém.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *