Belém do Pará, segundo domingo de outubro

Emoção marca Descida da Imagem Original e apresentação do Cartaz do Círio 2017

No dia 26 de maio, na Basílica Santuário de Nazaré, o clima foi de emoção durante a Santa Missa que marcou a descida da Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré do Glória, a comemoração pela passagem do aniversário natalício do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, que completou hoje 67 anos de vida, e também o lançamento do cartaz oficial do Círio 2017, na Praça Santuário, após a celebração.

Na cerimônia da descida o Guarda de Nazaré, Edielson Danin, 44 anos, que atua como voluntário há 19 anos, representou os mais de 1500 homens da Guarda, ao retirar, emocionado, a imagem original do Glória. A Imagem permaneceu no nicho do presbitério até o dia 31 de maio, quando foi celebrada a Santa Missa da Coroação de Nossa Senhora, encerrando as comemorações do mês mariano e também a passagem dos 11 anos da instituição da Basílica de Nazaré como Santuário Mariano da Arquidiocese de Belém.

Ao final da celebração, na Praça Santuário, o painel com o cartaz oficial do Círio foi descerrado, revelando a peça aos fieis. Na ocasião também foram assinados os termos de cessão de direitos autorais às Obras Sociais da Paróquia de Nazaré (OSPAN) pelo fotógrafo Roberto Porpino de Oliveira, que faz parte da Diretoria de Recursos Socioeconômicos e Filantrópicos da Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) e pela empresa Mendes Comunicação, que atua voluntariamente na produção de peças gráficas para o Círio de Nazaré. A primeira tiragem de cartazes foi distribuída aos devotos na praça. A estimativa da DFN é de que sejam impressos cerca de 900 mil exemplares deste que é um dos grandes ícones do Círio.

Descritivo – O cartaz mostra pela primeira vez, com destaque, a bandeira do Pará. É forte a correlação entre a estrela solitária da bandeira paraense com a estrela de Belém, a Virgem de Nazaré – a padroeira dos paraenses – e com o próprio tema do Círio deste ano: “Maria, Estrela da evangelização. Pará e Círio são dois poderosos símbolos que se entrelaçam.

Com o Papa Francisco queremos suplicar: “Á Mãe do Evangelho vivente, pedimos a sua intercessão a fim de que este convite para uma nova etapa da evangelização seja acolhido por toda a comunidade eclesial. Ela é a mulher de fé, que vive e caminha na fé, e a sua excepcional peregrinação da fé representa um ponto de referência constante para a Igreja. Ela deixou-Se conduzir pelo Espírito, por um itinerário de fé, rumo a uma destinação feita de serviço e fecundidade.”

Texto: Fabrício Coleny e Wanessa Alexandrino – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré

Fotos: Andreia Teixeira e Fabrício Coleny – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *