Belém do Pará, segundo domingo de outubro

Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré visita São Paulo

Padre Baronto e Dom Devair Araújo da Fonseca recebendo Nossa Senhora de Nazaré.

São Paulo e Belém foram unidas na manhã da última quinta-feira (28), a capital paulista recebeu pela primeira vez a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, e tal acontecimento foi notado em todos os cantos da cidade, que parou – dessa vez – por um bom motivo.

A Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré chegou a capital paulista para a abertura da exposição e lançamento do livro “Guarda o Círio de Nazaré” da fotógrafa paulista Soraya Montanheiro. Com curadoria do fotógrafo Juan Esteves, a exposição é composta por 45 fotografias captadas em Belém do Pará, cidades do Baixo Amazonas, Rio de Janeiro, Maranhão e São Paulo, em que a artista retrata a liturgia, as peregrinações e toda estrutura que envolve o Círio, com enfoque para o trabalho da Guarda de Nossa Senhora de Nazaré.

José Carlos Marçal, Diretor Executivo do Museu de Arte Sacra de São Paulo, e o Diretor Coordenador do Círio 2018, Cláudio Acatauassú

Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves, Reitor da Basílica Santuário e Presidente da Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) juntamente com integrantes da DFN acompanham a Imagem Peregrina que, depois de uma solenidade no Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP, foi recebida pelo diretor executivo do Museu de Arte Sacra de São Paulo, José Carlos Marçal, a Imagem seguiu com sua comitiva de guardas para a Catedral da Sé, marco zero da cidade, local de repouso do Santo Padre José de Anchieta. A missa de boas vindas, presidida por D. Devair Araújo da Fonseca, contou com a presença de inúmeros religiosos e devotos, além da cantora paraense Fafá de Belém, que emocionada cantou o hino de Maria de Nazaré, e também do Coral da Polícia Militar de São Paulo e da Banda Marcial da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo.

Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves, Presidente da Diretoria da Círio e José Carlos Marçal, juntamente com Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré

A celebração oficializou a vinda da Imagem de Nazaré para receber seus fiéis em uma sala especial dedicada a ela no Museu de Arte Sacra de São Paulo, para onde seguiu logo após o final da Missa, junto a uma multidão que só aumentava, a medida em que Nossa Senhora de Nazaré saia da Catedral e ia em direção a uma das maiores, mais emblemáticas e conhecidas estações de transporte urbano metropolitano do país: a Sé.

A fotógrafa Soraya Montanheiro e Dom Devair Araújo da Fonseca

Uma procissão inteira, liderada por D. Evair atravessou o metrô, juntando fiéis e curiosos, que jamais viram esse tipo de movimentação devocional na estação, a multidão foi locada em vagões especiais, e seguiu pela linha 1 azul até a estação Tiradentes, que se liga a rua de entrada do Museu.

Lá chegando, Nossa Senhora de Nazaré e sua comitiva de fiéis, guardas, e devotos foram acolhidos pela banda marcial da Marinha do Brasil, e juntos seguiram até a sala expositiva especial, onde a Imagem estará em exposição gratuita aos paulistanos até o próximo domingo, quando retorna a Belém.

 

Texto: Aline Andrade (com informações da Assessoria de Comunicação do Museu de Arte Sacra de São Paulo)
Fotos: Sonia Balady

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *