Diretoria da Festa de Nazaré dará início ao segundo ano do Cerco de Jericó

Inspirado no capítulo seis do livro de Josué, começa no dia 23 de junho e vai até o dia 29 do mesmo mês o Cerco de Jericó, em Belém. A missa de abertura será presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira, ao meio-dia, na Capela Bom Pastor. Durante sete dias, segundo o Diretor de Evangelização do Círio, Jorge Xerfan, será realizada uma sucessão de rosários para que o Círio exerça cada vez mais o papel de evangelizar o povo.

“A cada três horas, haverá a recitação do rosário diante do Santíssimo. E todos os dias, com exceção do domingo, às 20h, teremos a missa do Cerco, que é o nosso diálogo com Deus, por intercessão de Nossa Senhora, para que, assim como conta a história, todas as muralhas sejam derrubadas de nossas vidas”, explicou Xerfan.

Ainda de acordo com o Diretor de Evangelização, em todos os momentos do Cerco de Jericó, os fiéis podem pedir pelas graças pessoais deles, seja de saúde, trabalho ou família, por exemplo. “Na Capela, terá um baú onde cada fiel poderá colocar suas intenções pessoais”, contou. No último dia do Cerco, após a Missa de encerramento, o padre responsável pela celebração faz a incineração dos pedidos, que é a queima dos papéis, um ato para simbolizar o acolhimento de Deus às necessidades do povo.

CERCO

O Cerco de Jericó faz referência ao texto sagrado que conta que quando os Israelitas chegaram a Terra Prometida se depararam diante das grandes muralhas de Jericó, que os impediam de prosseguir a caminhada. Obedecendo a voz de Deus, Josué, sucessor de Moisés e líder do povo, convidou o povo de Israel a orar durante sete dias e sete noites rodeando as muralhas de Jericó. Josué e os Israelitas acreditaram na promessa divina de que no sétimo dia, durante a sétima volta, as muralhas cairiam e eles alcançariam a vitória, o que de fato aconteceu.

O Círio 2019

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

A Festa de Nazaré tem patrocínio de Alubar Metais, Belágua, Bradesco, Centrão Telecom, Dufry do Brasil, Esamaz, Gráfica Miriti, Grand Mercure Hotel, Grupo Líder, Hospital Porto Dias, Ita Center Park, Magazine Luiza, Refrigerantes Cerpa, Reicom, Reinafarma, Sicoob Transamazônica, Tramontina, Unimed Belém, Uber e Vale. Como apoiadores master Celpa, Alepa, Cesupa e Imerys Rio Capim. E mais os apoiadores Affa Engenharia, Albano Martins Advogados, Alucar, Aslan, Atan Engenharia, Baglioli Dammski, Bulhões, Costa & Simões Advogados, Bonna Viagens e Turismo, Café Santa Clara, Cesupa, Citropar Cítricos do Pará, Consultório Dra. Franciheli Oliveira, Doceria Amorosa, Engeterra Construções, Agência Eko, Escritório Dr. Antônio Pereira, Faepa, Fecomércio, Guria Tecidos, Jeffersom Som & Luz, Laboratório Paulo Azevedo, Laboratório Beneficente de Belém, Latam, Lotus Administração, Mape Engenharia, Massoud, Bembom & Reis Advogados, Máxima Segurança, Meca/ Médicos Católicos, Midas Macedo Comércio, Serviço e Construção, Norte Marine, Nossa Água, Polaris, Quadra Engenharia, Rommanel, Sococo, Transcidade – Cidade Limpa e Uniodonto.

 

Texto: Agência Eko

Integrantes da Diretoria da Festa de Nazaré participaram de formação espiritual conduzida por Dom Alberto Taveira Corrêa, neste sábado (08)

Neste sábado (08), os integrantes da Diretoria da Festa de Nazaré participaram de mais um momento de formação espiritual que aconteceu no Auditório Dom Vicente Zico, localizado no Centro Social de Nazaré. Desta vez, a palestra foi conduzida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa que explicou vertentes sobre o tema “A vida do Cristão na Igreja e no Mundo”.

Durante a formação, o sacerdote explicou que existem quatro pilares que sustentam e desafiam a Igreja que são identificados como, a Palavra que representa a iniciação da vida cristã; a Liturgia e a Espiritualidade; a Caridade; e a Missão que conduz a Igreja, uma vez que estas características precisam formar e conduzir a vida missionária de quem contribui para com as atividades realizadas dentro da Igreja e para a Igreja. Segundo o Arcebispo, ” é importante que você descubra a sua missão de vida. Vamos valorizar e semear o bem, assim como compartilhar experiências com os nossos irmãos. A igreja possui um histórico de ações sociais inigualável. A estrada é simples e importantes percorrê-la para que sejamos o Espelho de Deus”, disse.

A programação foi encerrada com uma Santa Missa realizada na Capela Bom Pastor, presidida pelo sacerdote.