“Ave Maria, Cheia de Graça”: tema do Círio 2020 foi anunciado aos fiéis neste domingo (27)

Assim que um Círio é finalizado a Diretoria da Festa de Nazaré, os Padres Barnabitas e a Arquidiocese de Belém começam a trabalhar para a realização do próximo. E neste domingo (27), logo após a cerimônia de encerramento do Círio 2019, foi anunciado o tema da festividade para 2020: Ave Maria, Cheia de Graça!”. A divulgação ao público aconteceu logo após o show pirotécnico na Praça Santuário, através de projeção na fachada da Basílica de Nazaré.

O tema para a 228ª edição do Círio de Nazaré foi escolhido pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, antes de viajar a Roma onde participou do Sínodo para Amazônia, convocado pelo Papa Francisco. Inspirado na oração mariana mais conhecida do mundo, o tema irá nortear todos os eventos, materiais de divulgação e até a criação do manto para o próximo ano.

Histórico

Esta oração, que na época medieval era conhecida como “Saudação angélica”, é o resultado de um longo processo. É uma oração formada por duas partes: uma de louvor e a outra de súplica.

A sua primeira parte é inspirada no evangelho de São Lucas: consiste na saudação do Anjo Gabriel a Maria: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!” (Lc 1,28b), e na saudação de Isabel: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre! (Lc 1,42b).

Inicialmente esta união entre as duas saudações era encontrada somente na liturgia, e só mais tarde tornou-se uma oração popular. O seu uso começou nos mosteiros, em torno do ano 1000 e foi aos poucos se difundindo, tornando-se universal após o século XIII. O texto, porém, compreendia somente a primeira parte sem o nome de Jesus.

A oração atual da Ave Maria foi divulgada no breviário publicado em 1568, por ordem do papa Pio V.

 

Texto: Aline Andrade – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré