Círio 2019: Ciclo Romaria enfeitou as ruas em homenagem à Virgem de Nazaré

Procissão é a 7ª das 12 romarias da programação oficial. 

Além de atividade de lazer e diversão, passeios de bicicleta também são oportunidades para exercitar a religiosidade e prestar homenagens a Nossa Senhora de Nazaré. Foi com esse propósito que cerca de 3.000 ciclistas reuniram-se no último sábado, 19, para mais uma Ciclo Romaria, evento que marcou a 7ª procissão das 12 que fazem parte do calendário oficial da quadra nazarena, sempre realizada no sábado posterior ao Círio.

O cortejo saiu da Praça Santuário por volta de 8h da manhã, mas desde o amanhecer os ciclistas já se concentravam nos arredores da Basílica Santuário, cada um chegando com uma bike mais enfeitada que a outra. A romaria nasceu em 2004, a partir de uma solicitação da Federação dos Ciclistas do Estado do Pará e da Associação dos Ciclistas de Icoaraci, mas cresceu e ganhou abrangência nacional. Hoje, a procissão é acompanhada por milhares de ciclistas de vários municípios do Pará e até de outros estados.

UNIÃO

Muitos devotos participam da Ciclorromaria para pagar promessas feitas a Nossa Senhora de Nazaré. E as homenagens vêm em diversas formas. As bicicletas ganham arranjos especiais com terços, flores, fitas e balões. Dependendo da promessa, a decoração pode incluir pequenas imagens da Virgem em sua Berlinda, anjos e até estátuas em tamanho natural de santos. É uma romaria que reúne todos os formatos de ciclomobilidade. Famílias inteiras se unem em quadriciclos, casais também passam pedalando no mesmo ritmo em bikes duplas e até uma longa fila de cinco bicicletas unidas pela fé e o esforço de alguns amigos desfilou pelas ruas de Belém, percorrendo o trajeto de 14 quilômetros, em aproximadamente 2h. A Ciclo romaria é divertida e emocionante, mas requer preparo físico, pois atravessa trechos de declives e subidas acentuadas. Este ano, cumpriu o seguinte percurso: Praça Santuário, Avenidas Magalhães Barata, José Bonifácio, José Malcher, Nove de Janeiro, Antônio Barreto, Doca de Souza Franco, Domingos Marreiros, Alcindo Cacela, José Malcher, Dr. Moraes, Braz de Aguiar, Serzedêlo Corrêa, Gentil Bittencourt, Três de
Maio, Conselheiro Furtado, Generalíssimo Deodoro, Rua dos Caripunas, Quintino Bocaiúva até a Avenida Nazaré e retornou à Praça Santuário.

EMOÇÃO

Em todo o percurso, milhares de devotos se amontoavam nas calçadas, portas de casas e janelas de edifícios por onde a romaria passava. Algumas residências, prédios e empreendimentos comerciais capricharam na decoração de suas fachadas, especialmente para homenagear a Imagem Peregrina que se deslocou no meio das bicicletas. Carros de som com bandas tocando, ao vivo, animaram todo o trajeto e provocaram ainda mais emoção tanto nos ciclistas quanto nos espectadores. De acordo com pesquisa do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), no total, a Ciclo Romaria 2019 reuniu – entre ciclistas e espectadores –, aproximadamente 10 mil pessoas.

Ao final do evento, a Diretoria da Festa entregou prêmios para as três bicicletas que apresentaram a decoração mais original e criativa, com inspiração na Virgem de Nazaré. O maior grupo de pedal que participou da romaria, usando a mesma camisa, também foi contemplado.

Texto: Emiliana Costa
Fotos: Aline Andrade, Roger Oliveira e Ícaro Farias